Verdades – chegando o final do contrato…

Cotidiano

Boa noite a todos,

Começando um post daquele jeito…com algumas cervejas na cabeça.

Bom o final do ano está aí, até o próximo dia 20 está correndo feito doido, logo porque o meu contrato está se encerrando e porque também tenho que analisar o que iriei fazer no ano que vem, enfim muito para pensar para pouco tempo.

Este ano na minha opinião, foi um ano bem perdido, não consegui realizar as coisas que eu queria, ou seja, mais um ano tudo irá se manter como no de costume. Amargamente tive que engolir os comentários que eu falava sobre um ano totalmente perdido (embora ainda eu ache), acho que algumas situações foram legais, mas acho que se encaixam no acaso…na verdade uma desculpa para manter o meu comentário.

Foz do Iguaçu irá deixar saudades, fiz ótimos amigos, alguns como irmãos, e o Fagner tem razão, irá fazer falta as risadas que a gente dava por lá. Neste próximo ano vou experimentar como será viver em uma cidade grande, São Paulo capital, tenho um planejamento de três meses lá inicialmente para ver como será tudo, caso se eu passar na prova de fogo (né Sérgio).

Fiquei bem frustrado neste ano, acredito que o que eu esperava profissionalmente ficou bem longe da realidade, praticamente somente sobrevivi aqui em Foz, não reclamando do salário, mas é a realidade da região oeste do Paraná, se você não cai em APL regendo salários, você cai em lugares com um próprio regime de cargos e salários, ambos são horríveis. Monetariamente falando, você sempre seguirá o plano de governo do PT, se quer comprar algo, financie, não faça poupança, e no final, sempre tenha uma dívida em carnê para ir pagando. Em suma, não tem como planejar muitas coisas.

Estou sendo muito duro com isso ? Sim! Com um salário de 2 mil reais você apenas se mantém caso more sozinho, não é todo mundo que tem as vantagens de morar na casa dos pais e ainda ter isenção de custos básicos mensais. Não é implicar com ninguém, somente a verdade. É uma merda isso!

Estou tentando ser confiante financeiramente para São Paulo, ouvi bons e maus comentários sobre trabalhar e morar lá, mas acho que estou disposto a ‘pagar pra ver’, talvez eu me dê bem ou não, no final das contas, acho que sempre terei um sofá para dormir na casa da minha mãe…assim espero.

Acho que por ter me frustrado profundamente este ano acabei ficando meio arredio e um tanto quando nervoso. Muitas vezes fui bem grosseiro em situações simples, acho que devo uns pares de desculpas para muita gente.

Para fechar esse post, acho que devo fazer duas coisas, pedir desculpas por quaisquer merdas que disse ou fiz, muitas das pessoas que ‘levaram chumbo’ não tinham culpa nisso e a segunda seria agradecer pelo grandes amigos daí e aos irmãos que a gente ganha na vida.

Abraços e boa noite.

Configurando uma layer style dinâmica no Geoserver 2

Configurando uma layer style dinâmica no Geoserver 2

Blog Databases Java

Boa noite pessoal,

Hoje eu e o pessoal aqui da empresa se batemos um tempo para conseguir fazer uma layer que tivesse a projeção de diversas propriedades (pontos XY de localização) e que a cor dos pontos fosse determinada por algum atributo que gerasse uma cor de acordo com a instituição pertencente, exemplo: as propriedades da instituição Exemplo 01 teriam o ponto no mapa na cor amarela, as propriedades da instituição Exemplo 02 teriam os pontos vermelhos, etc. Continue reading